Testemunhas e uma fonte da segurança em Gaza disseram à AFP que houve pelo menos dois ataques contra um local pertencente à ala militar do Hamas no oeste da Faixa de Gaza.

No momento, os detalhes sobre os ataques não estão claros.

O Exército israelita acusou o movimento islâmico Hamas de disparar um "foguete feito localmente" e decidiu enviar "duas brigadas de reforço para a área do Comando Sul", a região da Faixa de Gaza.

O Hamas, que controla o enclave, negou responsabilidade pelo disparo, enquanto a Jihad Islâmica, o segundo grupo armado em Gaza, advertiu que a sua reação estaria à altura da "agressão" israelita.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.