"Há um casal de gaivotas-de-patas-amarelas a nidificar no terraço do seu prédio? Observou um ninho de gaivotas enquanto passeava? Envie-nos as suas observações de gaivotas a nidificar em áreas urbanas e contribua para o censo nacional desta espécie, que tem como principal objetivo estimar o número de casais reprodutores e a distribuição das áreas de reprodução", pede a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA).

Desta forma, as informações recolhidas nesta contagem vão contribuir para o censo nacional da gaivota-de-patas-amarelas, cujo principal objetivo é estimar o número de casais reprodutores e a distribuição das áreas de reprodução.

O censo é uma iniciativa conjunta entre a SPEA, o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), o Instituto das Florestas e Conservação da Natureza (IFCN, Região Autónoma da Madeira) e a Direção Regional dos Assuntos do Mar (DRAM, Região Autónoma dos Açores).

A iniciativa termina este sábado, 31 de julho, mas ainda há tempo, até porque "poderá ser mais fácil confirmar a nidificação" nesta altura, uma vez que "já se veem gaivotas juvenis".

Para participar basta procurar indícios de gaivotas-de-patas-amarelas a nidificar em zonas urbanas e preencher o formulário online escolhendo a opção que se aplique.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.