De acordo com as autoridades belgas, Miguel Amorim Lemos foi visto pela última vez na quinta-feira de manhã, na Universidade Livre de Bruxelas, de onde desapareceu depois de ter atendido um telefonema por volta das 11:00 locais (10:00 em Lisboa).

O estudante, filho de pais portugueses, é descrito como tendo 1,97 metros, uma estrutura física magra, cabelos encaracolados e olhos castanhos.

Na altura do desaparecimento, o jovem vestia calças de ganga, uma camisola verde com um desenho, e um casaco e uma mochila castanhos.

O comunicado das autoridades belgas precisa que Miguel Amorim Lemos, que vive na região da Valónia, a cerca de 40 quilómetros de Bruxelas, tem por hábito passear na zona da floresta de Soignes, onde hoje decorrerá uma batida organizada por amigos e familiares.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.