Segundo o jornal New York Times, entre os cinco homens suspeitos está Khalid Shaikh Mohammed, considerado o cérebro do 11 de setembro, que causou cerca de três mil mortos.

Khalid Shaikh Mohamed foi detido em 2003 e está, desde 2006, na base militar de Guantánamo (Cuba).

O juiz Shane Cohen, da Força Aérea, decidiu a data em que o júri militar será selecionado numa base localizada em Cuba, de acordo com uma ordem que inclui um calendário para o início do processo judicial em janeiro de 2021.

O calendário do juiz militar define a data de 1 de outubro como o prazo final para os procuradores entregarem uma lista de informações aos advogados de defesa.

Os cinco alegados envolvidos no processo judicial foram acusados em 05 de maio de 2012, numa sala especial de segurança nacional num tribunal de Guantánamo.

Esta é a primeira vez que um juiz estabelece uma data de início para o julgamento, apesar de pedidos dos procuradores desde 2012 a dois magistrados anteriores.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.