O Kremlin entende que não estão ainda reunidas as condições para um encontro entre o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o seu homólogo da Ucrânia, Volodymyr Zelensky.

A conclusão veio do porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, no seguimento de uma pergunta feita por jornalistas sobre as ofertas do presidente turco, Tayyip Erdogan, para intermediar as negociações de paz entre os dois países.

"A delegação ucraniana saiu do radar, não há processo de negociação neste momento. Quanto a um encontro entre os presidentes Putin e Zelensky, só será possível depois de todo os deveres de casa terem sido feito pelas delegações. Isso está a falar, pelo que não há pré-requisitos necessários para o encontro", acrescentou.

Refira-se que as negociações entre Moscovo e Kiev estão paralisadas há meses.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.