De acordo com o aviso do concurso publicado hoje em Diário da República, a obra tem como prazo de execução quatro meses e pretende tornar aquele espaço "mais moderno e com maior privacidade", concentrando várias valências num único local.

A nova valência do Hospital de Famalicão, que juntamente com o Hospital de Santo Tirso compõe o CHMA, vai assim ter os serviços de saúde de ambulatório de pediatria, ginecologia e obstetrícia, sendo que a empreitada será cofinanciada pela autarquia em cerca de metade do valor e o restante através de mecenato e de um "apelo à comunidade", segundo explicou o diretor do CHMA, na apresentação, em 2017, do projeto.

"A área maternoinfantil sempre foi uma área de excelência do hospital, composta de grandes profissionais e reconhecida por todos, pelo que este projeto pretende continuar a apostar nesta área, concentrando todos os serviços de saúde de ambulatório de pediatria, ginecologia e obstetrícia, num único espaço mais moderno, com mais conforto e com maior privacidade para as utentes", apontou na ocasião António Barbosa.

Segundo o CHMA, a Clínica da Mulher responde a um "objetivo estratégico fundamental" ao "dotar o Serviço de Ginecologia/Obstetrícia de melhores meios técnicos, assegurando acréscimos de fiabilidade dos meios complementares de diagnóstico e alargando a carteira dos seus serviços, o que constituirá uma melhoria significativa do acompanhamento da gravidez".

Além disso, o projeto pretende "criar melhores condições de conforto para os utentes dos Serviços de Pediatria e de Ginecologia e Obstetrícia", assim como "proporcionar melhores condições de trabalho aos profissionais do CHMA o que, em conjunto com o reforço dos meios de diagnóstico, se traduzirá em ganhos em saúde".

O Centro Hospital do Médio Ave serve 250 mil habitantes de três concelhos, Vila Nova de Famalicão, Santo Tirso e Trofa.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.