A poucos dias da segunda volta das presidenciais francesas - em que Le Pen defronta o independente Emmanuel Macron -, a candidata de extrema-direita está a ser alvo de críticas por plagiar um discurso de François Fillon, candidato de Os Republicanos às presidenciais, derrotado na primeira volta, disputada a 23 de abril.

Marine assumiu entretanto a responsabilidade e acrescentou, em declarações à TF1, que partilha com Fillon uma “visão de França”. Referir partes do discurso proferido pelo conservador a 15 de abril “foi uma forma de o mostrar”, concluiu.

Florian Philippot, vice-presidente da Frente Nacional, disse à rádio Classique que as semelhanças com discurso de Fillon tinham o objetivo de "lançar um debate real" sobre a identidade francesa e mostrar que Le Pen não é sectária.

Já David Rachline, responsável de campanha de Le Pen, disse que a cópia foi uma forma de tributo ao conservador de Os Republicanos, tendo o discurso sido “apreciado, incluindo por apoiantes de Fillon”.

O comentário valeu uma reação de Damien Abad, porta-voz de Fillon, que disse à BFMTV que se tratou de um "roubo flagrante... e prova de que a Frente Nacional não tem coluna vertebral". "Os apoiantes de Fillon não são tontos, e não vão ser comprados apenas porque alguém copia o seu discurso".

A polémica surge numa altura em que os apoiantes de Macron alertam para o risco de o independente ser prejudicado na segunda volta do escrutínio, a 7 de maio, por altos níveis de abstenção.

A 24 de abril, um dia depois da primeira volta, Marine Le Pen anunciou que iria abandonar temporariamente a liderança do partido Frente Nacional, cargo que ocupava desde janeiro de 2011, para ser a "Presidente de todos os franceses".

As sondagens mais recentes dão a Marine 41% das intenções de voto, contra 59% de Macron na segunda volta.

Veja as semelhanças no discurso:

Tudo sobre as eleições francesas aqui.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.