“Além de se ter estabelecido a realização de uma cimeira Vox/Chega, em data a acordar em função das agendas, e de ter sido entregue um convite para a presença da direção do Vox no encerramento da campanha [do Chega] em Lisboa, acordou-se uma plataforma de trabalho conjunto com diversas vertentes de intercâmbio de experiências”, explicita a nota.

O convite surgiu depois de uma reunião entre as direções de ambas as forças políticas – que se definem como “representantes da direita conservadora e liberal” nos respetivos países -, que decorreu na sexta-feira, em Madrid.

Em 17 de maio, no âmbito das eleições europeias, o líder do Chega e cabeça de lista por Lisboa, André Ventura, já tinha referido que era intenção “criar uma ponte” com o Vox, para aproveitar a “sinergia entre Portugal e Espanha”.

O comunicado dá conta também de que ambos os partidos pretendem “definir uma estratégia comum perante a União Europeia”, que faça “do Vox e do Chega os dois maiores partidos políticos da Península Ibérica”.

Constituído oficialmente em abril deste ano, o Chega apresentou-se pela primeira vez nas europeias de 26 de maio, integrando a coligação Basta - juntamente com o PPM e o PPV/CDC -, tendo obtido perto de 50 mil votos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.