Em entrevista à CNN Portugal, conduzida pelo jornalista Júlio Magalhães, o ex-primeiro-ministro socialista afirmou que “não quer entrar na campanha”, dizendo apenas estar ao lado todos aqueles que fizeram a seu lado “política durante os últimos 40 anos”.

“Eu filiei-me nessa família política e tenho muitos amigos que são candidatos a deputados, os meus principais amigos. Os meus companheiros de muitos anos estão neste momento em campanha eleitoral e não quero dizer nada que possa ferir a sensibilidade deles”, salientou.

Considerando “as maiorias absolutas muito difíceis”, José Sócrates que já não pertence ao Partido Socialista (PS) deixou ainda implícito na entrevista que irá votar em António Costa, nas eleições legislativas agendadas para 30 de janeiro.

“Eu não sou do Partido Socialista, eu não pertenço ao Partido Socialista, mas sou socialista […]. […] Vou para isso? Sim. Eu gostava que os meus amigos tivessem sucesso”, garantiu.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.