A empresa referiu no domingo que, devido a uma "avaria imprevista" de um dos navios afetos àquele trajeto, as ligações podiam sofrer perturbações no dia de hoje, situação que se mantém para terça-feira.

“As perturbações, que implicam a supressão de carreiras e a irregularidade de horários, far-se-ão sentir, em especial, durante o período de ponta da manhã”, refere a Transtejo em comunicado.

A empresa refere que vai manter a adoção de medidas excecionais para “minimizar o impacto desta situação na mobilidade dos passageiros”, com os títulos da ligação do Seixal a serem também válidos nas ligações fluviais de Cacilhas, Barreiro e Montijo para Lisboa.

“Continuamos a desenvolver todos os esforços para restabelecer, com a brevidade possível, a normalidade do serviço. A empresa lamenta os incómodos causados e agradece a compreensão de todos os passageiros”, conclui.

A Transtejo é a empresa responsável pelas ligações do Seixal, Montijo, Cacilhas e Trafaria/Porto Brandão a Lisaboa, enquanto a Soflusa faz a ligação entre o Barreiro e a capital.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.