É um dia de Santo António sem a noite que o precede e que enche a cidade de pessoas, música, manjericos e sardinhas, marchas e confusão.

É verdade que cheira a sardinhas e que aqui e ali umas janelas enfeitadas lá lembram que estes são os dias das festas de Lisboa. Mas ficamos por aí.

Não há arraiais, não há marchas, não há casamentos, nem procissões.

Santo António, até para o ano.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.