A Fundação PT apresenta hoje uma solução de atendimento presencial através de Língua Gestual Portuguesa (LGP) a clientes surdos que estará disponível, numa fase inicial, em três lojas MEO: Picoas e Oriente, em Lisboa, e Boavista, no Porto. A apresentação do serviço será feita esta tarde, em Picoas, e conta com a presença da secretária de Estado da Inclusão, Ana Sofia Antunes, e do secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme W. d’Oliveira Martins.

Esta solução permitirá aos clientes surdos terem um atendimento personalizado nas lojas e foi desenvolvida em parceria com o serviço de video-interpretação Serviin. Para implementar o serviço, foi feita formação em língua gestual aos colaboradores das lojas MEO de forma a habilitar as equipas das três lojas em que o atendimento em língua gestual estará disponível a dar a primeira resposta. O passo seguinte é estabelecer contacto através de videoconferência com a Serviin e o atendimento ao cliente é realizado, a partir daí, com a colaboração de um intérprete em língua gestual.

Estima-se que em Portugal existam cerca de 150 mil portugueses que têm, em diferentes graus, surdez. A 15 de novembro, data em que se assinalou o Dia Nacional da Língua Gestual Portuguesa, o Governo anunciou também a intenção de tornar o número de emergência 112 acessível às pessoas surdas até ao final do ano.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.