O caso diz respeito a uma mulher, de 48 anos, de nacionalidade filipina que chegou no sábado a Macau, onde vive, indicaram os Serviços de Saúde em comunicado, dando conta de que a paciente, que ainda tem febre, se encontra hospitalizada.

O historial de viagem, o período de aparecimento de sintomas e o resultado laboratorial levaram os Serviços de Saúde a concluir tratar-se de um caso importado de febre de dengue, o sétimo desde o início do ano.

Estes sete casos importados juntam-se a outros seis em que a doença foi contraída localmente, todos na mesma zona de Macau.

Segundo os Serviços de Saúde, existe ainda um caso que “aguarda classificação”, dizendo respeito a um homem que trabalhou em Macau e reside na vizinha cidade chinesa de Zhuhai.

Os casos locais de febre de dengue constituem motivo de preocupação das autoridades, dado que desde 2014 só tinham sido sinalizados casos importados.

O número crescente de casos de febre de dengue levou as autoridades de Macau a intensificarem, no início do mês, as medidas de prevenção e as ações de eliminação de mosquitos.

No ano passado, foram registados 11 casos de febre de dengue, todos importados.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.