O vice-presidente da Câmara, Pedro Mascarenhas, que tem a seu cargo o pelouro da Proteção Civil, prometeu hoje que as verbas municipais serão integralmente transferidas para os bombeiros até ao final do ano.

Segundo explica, em comunicado, a Câmara tinha assumido o compromisso de transferir anualmente cerca de 159 mil euros para a corporação. Neste momento faltam transferir 64 mil euros a que acresce o reforço agora anunciado que ronda os 35 mil euros.

Segundo o vice-presidente do município liderado pelo PS, este reforço tinha sido prometido pela anterior gestão social-democrata.

“Esta verba adicional será importante para ajudar os bombeiros a melhorar a capacidade de resposta e socorro à população", considerou.

O responsável autárquico destacou ainda que esta medida “é importante para que os bombeiros saibam que contam com o apoio total da Câmara Municipal”, numa altura em que o presidente da Associação Humanitária pediu a demissão, alegando motivos de saúde.

"A Câmara Municipal está totalmente disponível para ajudar os bombeiros. É fundamental que tenham condições para que não falhe o apoio e socorro à população macedense”, realçou.

Para o vice-presidente da autarquia, as verbas disponibilizadas aos bombeiros “são fulcrais para manterem o seu apoio e socorro à população em níveis adequados”.

[Notícia corrigida às 18h20 - Corrigidos os valores atribuídos aos bombeiros]

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.