"Eu penso que uma das melhores maneiras de o fazer é através do ensino - considerando que existe, nos dias de hoje, um afastamento por parte da sociedade madeirense -, devido ao trabalho que tem sido feito de sensibilização [contra os] estigmas relativamente a estas pessoas", disse Miguel Albuquerque na abertura oficial da Semana da Pessoa com Necessidades Especiais, na Escola Profissional Francisco Fernandes, no Funchal.

A iniciativa tem como tema “Diferença+Equidade=Inclusão” e decorre até sábado (dia 09), com diversas atividades em escolas e noutros locais.

O governante destacou que a região necessita de ser mobilizada para integrar as pessoas com necessidades especiais na sociedade e para “fazê-lo de uma forma equitativa, ou seja, justa e natural".

Miguel Albuquerque considerou que as pessoas com necessidades especiais “têm a possibilidade de participar, uma grande maioria delas, na vida ativa", pelo que é um dever "encará-las e encarar a sua participação como algo positivo" para a vida social, sob “valores de igualdade de oportunidades para todos".

A organização da semana hoje apresentada é da responsabilidade da Secretaria Regional de Educação e Jorge Carvalho, que tutela esta pasta, destacou que o principal objetivo é “sensibilizar a comunidade para as questões relacionadas com a deficiência e as necessidades especiais", ao mesmo tempo que permite divulgar os trabalhos executados nas escolas por estes alunos.

Ações de sensibilização, exibições de filmes, atuações artísticas, jogos de boccia, caminhadas, gincanas e mostras de produtos, entre outros, integram a Semana da Pessoa com Necessidades Especiais, em diferentes concelhos da região.

Na Madeira, de acordo com os dados fornecidos pelo secretário Jorge Carvalho, "há cerca de quase quatro centenas de técnicos a acompanhar cerca de 3.600 alunos" nesta área.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.