O Ministério dos Transportes anunciou o encerramento do espaço aéreo do aeroporto Adolfo Suarez-Barajas depois da autoridade de navegação aérea espanhola, a Enaire, reportar a possível presença de 'drones' na área.

Pelo menos 26 voos foram desviados para outros aeroportos, indicou o gestor da operadora aeroportuária espanhola, AENA, através da rede social Twitter, acrescentando que as restrições do tráfego aéreo foram levantadas às 14:15 locais (13:15 em Lisboa).

A mesma fonte disse ainda que foi criado um comité de segurança para investigar o incidente.

A Guarda Civil espanhola indicou também que foi aberta uma investigação, após dois pilotos relatarem ter visto alguns 'drones' perto do aeroporto.

Escreve o El País que a decisão foi tomada pouco depois das 12h30 (11h30 em Lisboa), após a denúncia feita por vários pilotos da presença desses dispositivos nas proximidades das pistas.

Na sua conta de Twitter, a Agência de Segurança Aérea do Estado (AESA) escreveu que  "voar com drones nas proximidades de um aeroporto é uma infração grave e as penalidades podem chegar aos 90.000 euros".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.