Segundo fonte do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, durante a tarde, os serviços de pediatria do Hospital Amadora-Sintra contactaram a esquadra do Cacém, relatando que uma mulher se encontrava no local alegando ser a mãe do bebé que foi deixado pelas 23:00 de terça-feira junto ao Centro Social Baptista.

A mesma fonte acrescentou que, de imediato, foram acionadas as equipas de investigação criminal de Sintra da PSP, que transportaram a mulher para a esquadra do Cacém.

“Contactado o Ministério Público e efetuadas algumas diligências, foi decretado o termo de identidade e residência à arguida”, indicou a fonte.

Na quarta-feira, fonte da PSP adiantou à Lusa que foram os funcionários do Centro Social que deram o alerta às autoridades depois de ouvirem o recém-nascido, do sexo masculino, chorar à sua porta.

De acordo com a mesma fonte, o bebé “estava bem de saúde”, mas foi transportado para o Hospital Fernando da Fonseca, na Amadora, tendo sido contactada a Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens (CPCJ) e a Santa Casa da Misericórdia.

O Centro Social Baptista (CSB) é uma Fundação criada pela Igreja Evangélica Baptista do Cacém para serviço à comunidade.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.