Segundo o Pentágono, os combatentes planeavam um ataque em grande escala. "Estes combatentes treinavam e preparavam-se para um ataque em grande escala. Sabemos que iam partir do campo e representavam uma ameaça iminente para as forças americanas e da União Africana", afirmou o porta-voz do departamento de Defensa dos Estados Unidos, capitão Jeff Davis. Davis disse ainda que o ataque foi feito no sábado, num campo 195 km a norte de Mogadíscio. 

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.