As chamas, que lavraram com muita intensidade desde as 14:19 e que chegaram a ter quatro setores ativos, foram combatidas por mais de 400 bombeiros e 10 meios aéreos, tendo causado ferimentos em dois operacionais, disse à Lusa o comandante Filipe Regueira, da Proteção Civil de Santarém

"Um bombeiro foi socorrido por exaustão e inalação de fumo e um sapador florestal foi assistido por trauma num membro superior", adiantou Filipe Regueira.

Segundo este operacional do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém, com a retirada dos 10 meios aéreos que estiveram a operar até cerca das 20:30, decorre agora a fase de consolidação do incêndio, com o apoio dos cerca de 400 bombeiros que se mantêm no terreno, 123 viaturas e três máquinas de rasto, sendo o aumento da humidade relativa um aliado para a resolução total do fogo.

"Com o aumento da humidade relativa e com os meios que estão no terreno, contamos ter o fogo em conclusão durante a noite", perspetivou o comandante Filipe Regueira.

(Notícia atualizada às 21h36)

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.