Pelas 20:00, 522 operacionais estavam no terreno, apoiados por 157 viaturas e sete meios aéreos - que deverão ser retirados com o aproximar da noite -, segundo a página oficial da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), no combate ao incêndio de Garrocho, ativo desde as 03:18 de sábado.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco disse à Lusa que a Estrada Nacional 338, que “liga a zona de Piornos a Manteigas”, continuava cortada e que não há indicação de que casas estejam em perigo.

Durante a tarde, três bombeiros foram retirados do teatro de operações por razão de “doença, queimadura e trauma”, tendo dois deles sido transportados para um hospital e outro recebido assistência num centro de saúde, segundo a mesma fonte.

Já o incêndio que deflagrou esta tarde, às 13:53, em Anobra, no concelho de Condeixa-a-Nova, está em fase de resolução desde as 16:35, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Coimbra.

De acordo com a mesma fonte, o fogo não ameaçou habitações. No combate às chamas estão ainda 200 operacionais, apoiados por 61 viaturas e quatro meios aéreos.

No total, segundo a ANEPC, estão no terreno a combater incêndios rurais 1.087 operacionais, 300 meios terrestres e 17 meios aéreos, havendo seis incêndios em curso, seis em resolução e 27 em fase de conclusão, num total de 39 ocorrências ativas.

[Notícia atualizada às 20:36]

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.