“Ao contrário do nosso amigo Ferro Rodrigues, não digo que esta eleição não é entre a esquerda e a direita, é sim senhor, uma eleição implica sempre uma escolha não só entre pessoas, mas visões e projetos políticos diferentes”, afirmou o antigo deputado.

Manuel Alegre, que participou hoje, via redes sociais, no único comício da campanha de Ana Gomes, que decorre maioritariamente online com dez oradores, defendeu também que não é indiferente apoiar um dos três candidatos da esquerda, posição assumida pela Juventude Socialista, considerando que “o voto socialista só pode ser o voto em Ana Gomes”.

“Há dias perguntei: mas afinal onde é que está o PS? O PS está com quem não desvalorizou a eleição presidencial, nem baixou os braços perante um candidato anunciado com vencedor, nem perante uma candidatura de extrema-direita direita que prega o ódio”, afirmou.

“O PS está onde está a Ana Gomes”, reforçou.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.