Numa nota publicada no portal da Presidência da República na Internet, Marcelo Rebelo de Sousa saúda o antigo presidente da Comissão Europeia e congratula-se por haver "mais um português num cargo internacional particularmente relevante no atual contexto de pandemia coronavírus".

Nesta nota, refere-se que a Aliança Gavi é "uma organização internacional financiada por doadores públicos e privados, que promove as vacinas e a imunização das crianças no mundo, em particular nos países em desenvolvimento".

Durão Barroso, atual presidente do Banco Goldman Sachs International, assumirá em janeiro de 2021 a presidência da Aliança Gavi, cargo que em regra não é remunerado, substituindo a economista e antiga ministra das Finanças da Nigéria Ngozi Okonjo-Iweala, que termina o seu mandato em dezembro.

A Aliança Gavi, anteriormente Aliança Global para as Vacinas e a Imunização, com sede na Suíça, define-se nos seus estatutos como "uma fundação independente sem fins lucrativos" que atua como "uma parceria público-privada internacional inovadora", reunindo "governos, organismos das Nações Unidas, fabricantes de vacinas, fundações, organizações não governamentais e institutos de pesquisa".

A sua direção inclui representantes da Organização Mundial de Saúde (OMS), do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento, da Fundação Bill & Melinda Gates.

De acordo com o seu portal na Internet, a dificuldade de acesso a vacinas nos países em desenvolvimento no final da década de 1990 levou a Fundação Bill & Melinda Gates e um grupo de sócios fundadores a criar esta organização.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.