Em declarações à agência Lusa, Marcelo Rebelo de Sousa confirmou que, tal como em 2018 — que, “por coincidência, foi o primeiro ano do mandato do então líder, Rui Rio” –, também “neste primeiro ano de mandato do novo líder”, Luís Montenegro, foi convidado para participar na Universidade de Verão do PSD.

O Presidente da República disse que irá marcar presença, respondendo por vídeo a 30 perguntas de 30 participantes.

O chefe de Estado recordou que, em 2018, foi convidado pelo diretor da Universidade de Verão do PSD e antigo eurodeputado, Carlos Coelho, para participar no evento, na altura também para responder a cerca de 30 perguntas, mas por escrito e não em formato vídeo.

“Como há um jornal da Universidade de Verão, em que há um convidado todos os dias, eu seria o convidado todos os dias, respondendo a 30 perguntas. Assim foi: 30 perguntas longas, a que respondi também de forma longa”, lembrou.

Marcelo Rebelo de Sousa salientou que, na altura, a sua participação teve “naturalmente o beneplácito do então líder do partido, que estava no primeiro ano do seu mandato, o doutor Rui Rio”.

“Agora, novamente Carlos Coelho, de acordo com o líder do partido recém-eleito, o doutor Luís Montenegro, formulou-me um convite idêntico, com uma pequena diferença: são 30 participantes, 30 perguntas, mas são perguntas formuladas oralmente, gravadas em vídeo”, referiu.

Detalhando os moldes da sua participação, o Presidente da República indicou que os participantes irão fazer perguntas de “cerca de meio minuto”, devendo o chefe de Estado responder em “cerca de um minuto”.

“Portanto, é um formato diferente, audiovisual, mais curto, e as perguntas chegarão depois de os participantes estarem na Universidade: aquilo começa dia 29 [de agosto], provavelmente chegarão ou 29 ou 30, e eu responderei na volta do correio. Neste caso, é na volta do vídeo”, indicou.

Questionado se é um hábito seu marcar presença na Universidade de Verão do PSD quando um novo líder social-democrata é eleito, Marcelo Rebelo de Sousa respondeu: “Não, não é hábito, aconteceu haver este convite”.

“Eu ia lá quando não era Presidente da República, fui lá praticamente todos os anos. Depois, no tempo do doutor Rui Rio, fui convidado para responder a perguntas, eu respondi. E agora, pelo doutor Montenegro, fui convidado a responder a perguntas. Pronto, e respondo às perguntas que os jovens formularem”, sublinhou.

Interrogado se irá marcar presença física no certame, o chefe de Estado respondeu: “A presença é assim, é a distância, não é ir lá propriamente”.

A 18.ª Universidade de Verão do PSD decorre entre 29 de agosto e 04 de setembro em Castelo de Vide, no distrito de Portalegre, e irá contar com a participação da antiga líder do CDS Assunção Cristas, do antigo presidente do PSD Marques Mendes e do socialista e atual presidente do Conselho Económico e Social (CES), Francisco Assis.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.