As autoridades francesas anunciaram na quarta-feira a formalização desta candidatura ao estatuto de observador associado da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), suportada por um plano de atividades e um plano de ação para a promoção do ensino do português em França.

Marcelo Rebelo de Sousa foi hoje questionado sobre a candidatura da França, no final de uma iniciativa na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, e começou por salientar que “imensos países de todo o mundo têm aderido como observadores associados à CPLP”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.