“Com o desaparecimento do ex-Presidente da República, ex-primeiro-ministro e um dos homens a quem devemos a conquista da democracia portuguesa, o país perde uma das referências da sua história contemporânea”, refere o clube na sua página na rede social Facebook.

O Sporting exprime gratidão a Mário Soares, que morreu hoje aos 92 anos no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, onde estava internado desde 13 de dezembro de 2016, “pelo seu contributo decisivo para a conquista da liberdade".

Os ‘leões’ expressam as “mais sentidas condolências à família de Mário Soares, e em particular ao ex-presidente da Mesa da Assembleia Geral do clube Eduardo Barroso, sobrinho do político.

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, já tinha lamentado, também no Facebook, a morte de Mário Soares, que foi ainda fundador e líder do PS, assim como ministro dos Negócios Estrangeiros.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.