Já depois das 15:00, quando a primeira escola de samba se preparava para arrancar com o desfile carnavalesco, começou "a chover muito" e a organização optou por cancelar o corso, disse à agência Lusa o responsável pela comunicação da Associação Carnaval da Bairrada (ACB), Bruno Gaspar.

Face à chuva, foi decido cancelar o desfile e optou-se por fazer uma apresentação das escolas de samba na tenda principal do evento, onde decorrem os concertos, acrescentou.

A organização decidiu ainda devolver o valor do bilhete ao público.

Segundo Bruno Gaspar, "a tenda está cheia" de público para assistir às apresentações das escolas de samba.

Além do Carnaval da Mealhada, foram também cancelados os desfiles de Sesimbra, Ovar, Estarreja, Funchal e Buarcos/Figueira da Foz, face às condições climatéricas.

Na segunda-feira, a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) alertou para o agravamento das condições meteorológicas nas próximas 48 horas, com períodos de chuva e vento fortes, agitação marítima na costa ocidental e queda de neve acima dos 1.200/1.400 metros.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.