O número da Vogue de setembro, dedicado a várias personalidades cujo trabalho tem tido um impacto positivo no mundo, tem na capa 15 mulheres, entre as quais a ativista Greta Thunberg, Jane Fonda e Salma Hayek. Para além destas personalidades femininas, é possível ver um 16º retângulo, espelhado, para quem tenha na sua posse a publicação possa ver o seu reflexo.

Meghan Markle optou por não se colocar na capa por considerar que tal seria "prepotente", revelou, citado pela BBC, o editor-chefe da revista, Edward Enninful.

Meghan Markle, que dedicou os últimos sete meses a este projeto, espera que os leitores se sintam tão inspirados como ela pelas “Forças da Mudança” (“Forces of Change”, em inglês). Este é, aliás, o título da edição de setembro, a primeira nos 103 anos da revista a ter um convidado como editor.

“Através desta lente, espero que possam sentir a força do coletivo na seleção diversa de mulheres que escolhi para a capa, assim como na escolha da equipa que chamei para nos ajudar a tornar esta edição uma realidade”, disse, citada pela BBC.

De acordo com a informação divulgada pela Casa de Sussex, o número da revista irá incluir, entre outros outros conteúdos, uma entrevista a Michelle Obama, conduzida pela própria duquesa, e outra a Jane Goddall, realizada pelo príncipe Harry.

A edição "Forces for Change" chega às bancas a 2 de agosto. As 15 mulheres na capa são: Adwoa Aboah, Adut Akech, Ramla Ali, Jacinda Ardern, Sinéad Burke, Gemma Chan, Laverne Cox, Jane Fonda, Salma Hayek, Francesca Hayward, Jameela Jamil, Chimamanda Ngozi Adichie, Yara Shahidi, Greta Thunberg e Christy Turlington Burns.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.