Em comunicado, a GNR adianta que os militares da Unidade de Controlo Costeiro (UCC) destacados na ilha de Samos-Grécia detetaram uma embarcação de borracha que transportava migrantes, a cerca de duas milhas náuticas de distância do Porto de Pythagorio.

Um dos migrantes estava caído na água, o que obrigou a uma operação de salvamento marítimo.

Este ano a GNR efetuou mais de 600 patrulhas, o que corresponde a mais de quatro mil horas de empenhamento, tendo detetado 200 embarcações e auxiliado cerca de 1.700 migrantes.

Integrada na missão da Frontex, a GNR “desenvolve ações nas fronteiras terrestres e marítimas com a finalidade de prevenir, detetar e reprimir ilícitos relacionados com a imigração ilegal, tráfico de seres humanos e outros crimes transfronteiriços, contribuindo fundamentalmente para a salvaguarda de vidas humanas”.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.