Mufti Abrar Ahmed, porta-voz do partido Jamiat Ulema-e-Islam (JUI), citado pela Associated Press, disse que o líder Maulana Fazlur Rehman vai dirigir a caravana dos manifestantes, que parte no final de domingo rumo à capital.

O arranque do protesto do JUI também assinala o aniversário do início do conflito em relação a Caxemira, uma província reivindicada pela Índia e pelo Paquistão. Separados da marcha, há protestos anti-Índia planeados em todo o Paquistão.

Ahmed disse que os manifestantes de Karachi e arredores vão viajar de autocarro e em carrinhas rumo à capital. Disse ainda que a caravana pretende chegar a Islamabad a 31 de outubro, para protestar contra o Governo “ilegítimo” do primeiro-ministro, Imran Khan, que o partido islamita diz ter chegado ao poder com o apoio do exército.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.