"Espero que rapidamente o país tenha - e estou convicto de que vai ter - um Governo sólido, um Governo do Partido Socialista, naturalmente, porque foi quem ganhou as eleições e quem cresceu significativamente - e que seja um Governo com capacidade para manter a estabilidade do país e prosseguir o caminho de recuperação e de crescimento económico e do emprego", disse Vieira da Silva.

O ministro falava aos jornalistas, em Lisboa, à margem de uma conferência sobre as alterações ao Código do Trabalho organizada por uma sociedade de advogados e pela Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP).

Vieira da Silva, que se apresentou na conferência como o "futuro ex-ministro do Trabalho", tendo já anunciado que não fará parte do próximo executivo, recusou comentar as negociações entre o PS com os partidos parlamentares de esquerda e com o PAN que decorrem hoje sobre as condições de estabilidade governativa relativas ao novo quadro parlamentar saído das eleições legislativas de domingo.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.