"O ex-guarda de Auschwitz, acusado de cumplicidade em assassinatos no tribunal de Hanau, morreu, de acordo com informações da polícia", anunciou o tribunal em comunicado. Ernst Tremmel, que tinha entre 19 e 20 anos de idade na época do Holocausto, deveria ser julgado por um tribunal juvenil por participar como membro da unidade SS "Totenkopf" na supervisão dos transporte de deportados de Berlim, Drancy ( França) e Westerbork (Holanda), entre 1 de novembro de 1942 e 25 de junho de 1943. "Entre os deportados, pelo menos 1.075 pessoas foram mortas cruelmente imediatamente após a sua chegada a Auschwitz", destacou o tribunal regional de Hanau em fevereiro, ao anunciar o julgamento. Tremmel seria o terceiro guarda de Auschwitz a ser julgado este ano. 

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.