Nascido em 13 de fevereiro de 1933 em Aix-en-Provence, no sul de França, o segundo filho de seis de uma família de imigrantes italianos aprendeu costura com o pai, que era alfaiate, mas deixou a sua cidade natal para morar em Paris.

Chegou à capital em 1956, com apenas 23 anos e foi lá que conheceu o seu mestre: o estilista espanhol Cristobal Balenciaga.

Emanuel Ungaro dirá mais tarde que aprendeu o essencial com o pai e com Balenciaga.

Depois de seis anos a trabalhar com Balenciaga, em 1965, abriu a sua casa de moda.

Nos anos de 1980, definiu-se como "um obcecado sensual".

"Não precisa de vestir um vestido, precisa de morar nele", disse o homem que considerou o seu trabalho uma arte.

Ao longo dos anos, construiu um império (alta-costura, pronto a vestir, perfumes, sapatos, óculos), antes de a sua casa de moda ser comprada em 1996 pela família Ferragamo.

Retirou-se do mundo da alta costura em 2004, acreditando que já não correspondia "às expectativas das mulheres de hoje".

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.