Em comunicado, o PS justificou o cancelamento da campanha com os candidatos Santos Silva e Paulo Porto Fernandes com a morte de Roberto Leal, que vivia com a família em São Paulo, cidade para onde estava agendada a presença dos dois candidatos socialistas na segunda-feira.

Os socialistas apresentam, na nota, as “condolências à família e amigos de Roberto Leal e a toda a comunidade portuguesa no Brasil”.

O velório do cantor vai decorrer esta segunda-feira, na Casa de Portugal, na região central de São Paulo, no Brasil, a partir das 07:00 (11:00 em Lisboa), segundo o Jornal Folha de S. Paulo.

Segundo o jornal brasileiro, o velório decorre até às 14:00 e o funeral está marcado para as 15 horas, no Cemitério Congonhas, na zona sul de São Paulo.

O cantor Roberto Leal, que vivia no Brasil desde criança, morreu hoje em São Paulo, aos 67 anos.

Ainda segundo o Folha de S. Paulo, que cita o empresário do cantor, Roberto Leal estava internado desde o dia 9 de setembro e teve falência múltipla de órgãos.

Casado há 45 anos com Marcia Lucia, Roberto Leal é pai de três filhos nascidos no Brasil, e tem dois netos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.