Segundo o porta-voz da direção nacional da PSP, a agressão ocorreu quando o motorista estacionou o autocarro da Vimeca na paragem de Massamá e se preparava para fazer um novo percurso.

De acordo com o jornal Expresso, trata-se do mesmo motorista envolvido no caso com Cláudia Simões, cidadã angolana de 42 anos, que afirma ter sido detida e agredida por um agente da PSP na paragem de autocarros no Bairro do Bosque, concelho da Amadora, por não ter pago um bilhete de autocarro relativo ao transporte da sua filha de oito anos.

Diz o Expresso "após uma hesitação inicial sobre a identidade da pessoa", a PSP confirmou que se trata do mesmo motorista envolvido no caso que fez notícia ao longo da semana.

O motorista tem "ferimentos com gravidade", resultado de uso da força física, sem recurso a armas, e foi transportado para o hospital Amadora-Sintra, indicou o intendente Nuno Carocha à agência Lusa.

A PSP encontra-se no local e "já referenciou algumas pessoas", adiantou o porta-voz.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.