“Saúdo a decisão de desconvocação da greve dos motoristas de matérias perigosas, formulando votos de sucesso para o diálogo que agora se retoma entre as partes”, declarou António Costa através da rede social Twitter.

“Quero congratular-me com o elevado civismo com que os portugueses viveram esta semana difícil para todos e a forma pacífica e sem qualquer violência como foram conduzidas todas as manifestações”, acrescentou o primeiro-ministro.

O chefe do Governo agradeceu ainda às Forças Armadas, às forças de segurança e aos agentes de proteção civil “o contributo inestimável que deram para minimizar os impactos da greve na vida dos portugueses, no funcionamento dos serviços essenciais e na economia , para o que foi decisivo o rigoroso planeamento e avaliação por parte da ENSE [Entidade Nacional para o Mercado de Combustíveis].

António Costa deixou ainda “uma palavra de reconhecimento a todos os colegas de Governo pelo seu permanente empenho, sempre articulado e elevado espírito de equipa”.

O Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) anunciou hoje que decidiu desconvocar a greve que se iniciou na segunda-feira, dia 12.

A decisão, anunciada pelo presidente do SNMMP, Francisco São Bento, foi tomada durante um plenário de trabalhadores do sindicato, que decorreu esta tarde em Aveiras de Cima.

O Governo confirmou hoje que está marcada uma reunião a realizar terça-feira no Ministério das Infraestruturas e Habitação, em Lisboa, com vista à retoma das negociações.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.