Em comunicado, o SEF adiantou que a mulher, de nacionalidade estrangeira, foi intercetada à chegada do território nacional quando estava a ser feito o controlo documental aos passageiros de um voo proveniente do Brasil.

“Suspeita de transportar produtos estupefacientes no seu organismo, [a mulher] confirmou que havia engolido 23 cápsulas de cocaína líquida”, adianta o SEF.

Na nota, o SEF informou ainda que a mulher foi entregue “às autoridades competentes”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.