“Nas próximas horas, vou falar sobre os resultados das conquistas que obtivemos na luta contra a conspiração e sobre a tentativa de abrir brechas nas FANB”, disse Nicolás Maduro na televisão, aquando de uma cerimónia de graduação de oficiais do Exército, em Caracas.

O governante pediu aos jovens militares “máxima vigilância, máximo alerta, máxima lealdade para derrotar o complô contra a paz no país que visa impedir as eleições de 30 de julho”, altura em que se escolherão os deputados à Assembleia Nacional Constituinte (ANC), que redigirá uma nova Constituição.

Maduro instou os oficiais a serem “sempre leais, traidores nunca” e disse-lhes para irem para as unidades militares com o objetivo de “garantirem a lealdade absoluta das forças armadas”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.