O anterior balanço apontava para 56 mortos, segundo as autoridades locais.

Uma corrida contra o tempo está hoje em curso na ilha indonésia, para tentar encontrar sobreviventes.

O terramoto, com magnitude de 6,2 na escala de Richter, aconteceu durante a noite de sexta-feira, deixando milhares de pessoas desalojadas e várias centenas de feridos.

Dezenas de corpos foram retirados dos escombros de edifícios em Mamuju, capital da província, onde um hospital ruiu, com vítimas também a sul, após uma forte réplica na manhã de sábado.

Aviões e barcos entregaram mantimentos e equipamentos de urgência na ilha, e a marinha enviou um navio médico para ajudar os hospitais ainda em funcionamento, em colapso com a afluência de centenas de feridos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.