Até ao final da semana passada, tinham sido atribuídas um total de 23.747 bolsas a estudantes do ensino superior para o ano letivo 2021/2022, das quais 17.251 começaram já a ser pagas.

Os dados foram hoje divulgados pela Direção-Geral do Ensino Superior (DGES) que, em comunicado, sublinha o aumento no número de bolsas atribuídas e pagas no final do primeiro mês do ano letivo. Na mesma altura em 2020, a DGES tinha atribuído apenas 12 mil bolsas de estudo, o que significa que o aumento registado este ano foi de 94%.

O número de bolsas pagas até ao final de outubro é este ano cinco vezes superior às que foram pagas no mesmo período do ano anterior, quando tinham sido pagas apenas cerca de 3.400 bolsas.

A DGES indica ainda que dos 93.098 pedidos submetidos para o ano letivo 2021/2022, já foram processados os resultados de 26.095, cerca de 28%.

“O processo de atribuição de bolsas de estudo para o presente ano letivo foi consolidado de modo a garantir a sua efetiva simplificação iniciada no ano letivo anterior”, relata a DGES, que explica que as alterações ao regulamento de atribuição de bolsas permitiram acelerar e melhorar o processo.

Entre as medidas introduzidas está a possibilidade de serem considerados os rendimentos dos 12 meses anteriores ao pedido ou, no caso de revisão do valor da bolsa, os rendimentos do ano de 2021.

Foi também possibilitada a renovação automática para os estudantes bolseiros no ano anterior que continuavam a cumprir os critérios de aproveitamento e não tiveram um aumento dos rendimentos superior a 10%, tendo havido alterações também na contabilização dos créditos (ECTS).

A este nível, passaram a ser contabilizados os ECTS que o estudante pôde efetivamente frequentar e ser avaliado, e as condições de aproveitamento eram revistas no caso de uma quebra significativa face aos anos anteriores em consequência do contexto de pandemia da covid-19.

O processo de candidatura a bolsas de estudo do ensino superior decorre até ao dia 31 de maio de cada ano letivo, através da plataforma da DGES.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.