Esta plataforma tecnológica de comando e controlo de deteção, localização e identificação de ameaças no mar territorial, orla costeira e fronteira externa (marítima) da União Europeia, em fase de implantação, terá no arquipélago da Madeira quatro postos de observação fixos - Funchal, Calheta, Ponta de São Lourenço e Porto Santo.

"Estamos neste momento a tratar da implementação na Região do sistema de vigilância comando e controlo designado de SIVICC, que é o Sistema de Controlo de Costa e, portanto, já é uma boa prenda de Natal uma vez que vamos passar a ter esse sistema disponível muito em breve a funcionar na região e obviamente aumentará os níveis de segurança não só da Região Autónoma da Madeira, mas também de todo o espaço Schengen e da União Europeia para a qual nós também somos um país com fronteira externa [marítima]", disse o tenente-coronel da GNR Marco Nunes, à margem da inauguração da Exposição Fotográfica "100 Anos - 100 Fotos" no átrio da Câmara do Funchal, mostra que assinala a comemoração dos 100 anos da presença da GNR na Madeira.

A comemoração contou ainda com a apresentação pública do livro infantil "Guaradoo, o Anjo da Guarda" e a execução de um concerto a cargo do "Quinteto de Metais da GNR"

A GNR no arquipélago da Madeira desenvolve sobretudo missões de controlo fiscal e aduaneira, assim como de controlo costeiro, proteção da natureza, do ambiente e de socorro.

No entanto, como força policial de cariz genérico, também executa missões de policiamento geral.

A exposição contou com a presença das principais entidades da região, tendo o secretário regional da Saúde, Pedro Ramos, representado o presidente do Governo Regional.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.