“Assegurar uma transição de poder harmoniosa é uma das prioridades que o Presidente identificou no princípio do ano e encontrar-se com o Presidente eleito é a próxima etapa”, segundo uma declaração do secretário de imprensa da Casa Branca, John Earnest.

Obama telefonou também a Hillary Clinton, que foi sua secretária de Estado e cuja candidatura presidencial apoiou, para manifestar a sua “admiração pela forte campanha que fez pelo país”, acrescenta o texto.

Barack Obama fará hoje à tarde uma declaração na Casa Branca sobre os resultados da eleição.

O polémico magnata do imobiliário Donald Trump, candidato republicano à presidenciais dos Estados Unidos, venceu as eleições de terça-feira contra o que previam as sondagens.

Às 07:32 TMG (e de Lisboa), Trump alcançou 276 votos no colégio eleitoral, mais que os 270 necessários para ganhar as presidenciais, contra 218 conquistados por Hillary Clinton, ex-primeira-dama e ex-secretária de Estado do primeiro governo de Barack Obama.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.