A morte de "Francisco de Oliveira Dias, aos 88 anos, enluta o CDS e a democracia portuguesa”, lê-se numa nota da direção nacional dos centristas, hoje divulgada.

“Foi um cidadão e um católico empenhado na democracia, nas instituições e na sociedade civil. O CDS apresenta sentidas condolências à sua família e apresenta, no parlamento, um voto de pesar pelo falecimento do seu antigo presidente”, ainda segundo o texto.

O partido evocou a carreira política e partidária de Francisco de Oliveira Dias, de “militante desde a fundação do CDS, antigo deputado constituinte”, depois eleito para o parlamento, de 1976 a 1983, “tendo sido presidente da Assembleia da República entre 1981 e 1982”, ainda de acordo com a nota da direção.

Após a notícia da morte de Oliveira Dias, a Assembleia da República colocou a sua bandeira a meia haste.

O corpo de Francisco de Oliveira Dias chegará hoje, pelas 17:00, à Capela Mortuária da Igreja de Nossa Senhora do Amparo, em Benfica. A missa de corpo presente realiza-se na terça-feira, pelas 10:00, seguindo o funeral para o Cemitério de Benfica.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.