Na intervenção de abertura da Universidade de Verão do PSD, que decorre em Castelo de Vide (Portalegre), até domingo, Negrão recuperou algumas das promessas que já foram deixadas pelo Governo para o próximo Orçamento do Estado, acusando o executivo de se “enganar a si próprio e querer enganar os portugueses”.

“Paira no ar a ideia de que este governo vai dar tudo a todos de maneira a garantir a aprovação do orçamento (…). O nosso receio é esse: que entremos num ambiente de eleitoralismo”, afirmou, deixando um apelo direto a António Costa.

“Senhor primeiro-ministro, é muito cedo para entrarmos em ambiente de eleitoralismo. Eleitoralismo agora é retirar da discussão do Orçamento do Estado todo o sentido de rigor e responsabilidade que deve ter essa discussão, não faça isso”, apelou, considerando que tal irá “arrastar os partidos da oposição para um discurso igualmente eleitoral”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.