Com o objetivo de "fiscalizar locais e estabelecimentos de diversão noturna, fiscalização rodoviária, fiscalização de armas e explosivos, fiscalização do consumo e venda de estupefacientes e substâncias psicotrópicas", em comunicado conjunto, as forças de segurança revelaram que no terreno estiveram "4046 Polícias da PSP e militares da GNR, tendo sido realizadas várias ações de fiscalização em todo o território nacional, de entre as quais importa relevar a realização de 345 detenções, das quais se destacam 85 por tráfico de estupefacientes, um por posse de arma proibida, 205 por condução sob o efeito do álcool e 54 por falta de habilitação legal para conduzir".

Para as forças de segurança, "o reforço do policiamento, da prevenção e fiscalização é uma prioridade estratégica das forças de segurança e deve constituir o foco das ações policiais, tendo em vista potenciar o sentimento de segurança nas suas áreas de responsabilidade e a eficácia e qualidade do serviço prestado à população, reforçando a importância e legitimidade da sua atuação", finaliza o comunicado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.