Em comunicado, a Polícia de Segurança Pública (PSP) lembra que entre 01 de janeiro e 15 de março deste ano, segundo dados provisórios, foram registados 9.716 acidentes, mais 2.941 do que em igual período do ano passado, correspondendo a um aumento de 43,4%.

Entre aquelas datas foram registadas 12 vítimas mortais, menos duas do que no período homólogo.

Quanto aos acidentes com vítimas, a PSP contabilizou um aumento de 45,5% do número de acidentes, em comparação com o período homólogo do ano transato, tendo o número de feridos ligeiros sofrido um aumento significativo (+904).

A PSP adianta ainda que no mesmo período foram registados 5.059 acidentes só com danos, ao passo que no período homólogo foram registados 7.220, um aumento de 42,7%.

Na nota, a PSP sublinha que “continuará a fiscalizar os comportamentos de risco dos condutores, principalmente as condutas que têm elevada prevalência e maior impacto na sinistralidade rodoviária, nomeadamente, excesso de velocidade, condução sob o efeito do álcool, uso indevido do telemóvel e a não utilização (ou utilização incorreta) dos cintos de segurança e sistemas de retenção.

A polícia apela ainda a todos os condutores que respeitem as regras do Código da Estrada e legislação em vigor e que não adotem comportamentos de risco durante a condução.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.