O Kuomintang anunciou hoje que o seu candidato presidencial, Hou Yu-ih, será acompanhado por Jaw Shau-kong, de 73 anos, presidente da maior operadora de rádio de Taiwan, a BCC, para o cargo de vice-presidente.

Na apresentação da candidatura, Hou admitiu que o partido nacionalista “contava com o TPP” para fechar um acordo e que esperou “até o último momento”. O prazo para a apresentação de candidaturas eleitorais termina hoje.

“Precisávamos de um vice-presidente que lutasse lado a lado. E o candidato mais preparado para o combate é Jaw Shau-kong”, disse Hou.

Também hoje, o TPP registou a candidatura presidencial do antigo presidente da câmara da capital, Taipé, Ko Wen-je, que estará acompanhado pela legisladora Cynthia Wu Hsin-ying para o cargo de vice-presidente.

As duas formações, que anunciaram formalmente uma coligação em 15 de Novembro, pretendiam concorrer unidas contra o candidato do Partido Democrático Progressista, no poder, e atual vice-presidente, William Lai Ching-te, a favorito nas sondagens.

Hou e Ko participaram num tenso debate ao vivo na tarde de quinta-feira, no qual discutiram durante uma hora e meia sobre quem deveria ser o candidato presidencial e trocaram acusações por não terem chegado a um acordo.

As eleições vão contar ainda com o milionário Terry Gou, fundador da empresa tecnológica Hon Hai Precision Industry, que monta o iPhone e outros aparelhos eletrónicos e é conhecida internacionalmente como Foxconn.

William Lai escolheu a embaixadora de facto de longa data de Taipé nos Estados Unidos, Hsiao Bi-khim — nascida no Japão, filha de pai taiwanês e mãe norte-americana — como a sua candidata para o cargo de vice-presidente.

A medida deve reforçar o apoio a William Lai entre os membros do Partido Democrático Progressista, atualmente no poder e pró–independência do território, que a China reclama como uma província sua.

As sondagens mostram que Lai está à frente, apesar de observadores acusarem a China de tentar influenciar grupos empresariais e órgãos de comunicação social locais.

Lai é o atual vice-presidente de Taiwan. A atual líder, Tsai Ing-wen, está prestes a terminar o seu segundo mandato de quatro anos. O exercício do cargo de Presidente no território está limitado a dois mandatos.

Hsiao Bi-khim, de 52 anos, ocupa o cargo de embaixadora de facto de Taipé nos Estados Unidos desde 2020. Esta é considerada uma diplomata astuta e com bons contactos, que tem conseguido navegar entre as tensões geopolíticas que dividem Washington e Pequim.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.