As propostas foram admitidas com as seguintes designações: "Requalificação da Escola Primária do Cercal"; "Maker Lab OLB: Oficina aberta de fabricação e experimentação tecnológica"; "Reabilitação Urbana do Largo do Mercado Municipal"; e "ActiveMOB - atividade física ao ar livre".

"Estas quatro propostas, somadas, correspondem a um orçamento total de 258 mil euros", esclarece a autarquia bairradina, adiantando que a descrição de cada um dos projetos está disponível para consulta no ‘site’ da iniciativa, em http://op.cm-olb.pt.

A votação poderá ser feita até dia 21, através do ‘site’ do Orçamento Participativo de Oliveira do Bairro, ou presencialmente, com o apoio de técnicos municipais, em quatro sessões de divulgação que vão decorrer durante o mês de setembro, na terça-feira, às 18:00, em Oiã, na quarta, às 20:00, em Bustos, na quinta-feira, às 20:00, na Palhaça, e no sábado, às 18:00, em Oliveira do Bairro.

Estas sessões serão realizadas nos edifícios das Juntas de Freguesias. Podem votar todos os cidadãos com idade superior a 16 anos, residentes, estudantes, trabalhadores ou com interesses na área geográfica do Município de Oliveira do Bairro (que tenham nascido no concelho, tenham os seus filhos a frequentar estabelecimentos escolares do concelho ou que sejam associados de coletividades/associações do concelho).

"O Orçamento Participativo de Oliveira do Bairro vem materializar aquela que é a vontade do executivo municipal em permitir que os cidadãos tenham a oportunidade de, também eles, participarem na discussão política, nomeadamente na forma como a autarquia utiliza uma parte do seu orçamento de investimento", refere a câmara, em nota divulgada hoje.

A iniciativa prevê uma componente orçamental de 01% do valor do Plano Plurianual de Investimentos em vigor, que corresponde este ano a cerca de 177.000 euros, para o financiamento dos projetos vencedores, que serão inscritos, para concretização, no Orçamento Municipal para 2019.

Para Duarte Novo, "esta é uma iniciativa de extrema importância, enquanto processo de aproximação às pessoas e enquanto espaço de oportunidade para a sua participação democrática na tomada de decisões, que poderão contribuir para a melhoria da qualidade de vida das comunidades em que estão inseridas e envolvidas".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.