Os que vivem online, mas não sabem pendurar quadros. Os que dominam tudo o que é tecnologia mas não sabem fazer as ligações de uma tomada. Os que vivem na era digital, têm entre 18 e 24 anos, e não sabem fazer a maior parte das coisas que as gerações anteriores “nasciam” a saber fazer. Têm mais educação, mas falta-lhes competências domésticas.

Um em cada nove jovens britânicos não sabe mudar uma lâmpada”. O título pode parecer alarmante, mas refere-se ao relatório da empresa de estudos de mercado YouGov. Os dados podem deixar alguns de boca aberta, mas, apesar da pesquisa ter sido feita com jovens britânicos, a realidade em Portugal não deve estar assim tão distante.

Entre os 18 e os 24 anos, muitos jovens dão um passo muito importante: sair do ninho. Alguns vão morar sozinhos e outros mudam de cidade para estudar, mas todos se deparam, mais cedo ou mais tarde, com alguns desafios domésticos. Uma tomada que entrou em curto-circuito, uma torneira que está a vazar água ou o quadro novo que precisa de ser pendurado. Será que os jovens adultos sabem ultrapassar o desafio?

As mudanças e redecorações podem ser difíceis. Primeiro, é preciso escolher as cores certas para cada divisão, ponderar a disposição e o feng shui, mas depois vem o verdadeiro desafio: montar os móveis. E apesar de, nos dias que correm, existirem milhares de tutoriais na internet e livros de instruções mais completos do que nunca, ainda assim, 18% dos jovens do estudo referido dizem não ser capazes de montar um móvel.

Na parte da decoração, depois de comprar aquele quadro que combina com a colcha e com almofadas, vem a etapa de o pendurar na parede. E aí, mais uma vez, vem um novo desafio. Segundo o estudo da YouGov, 14% dos participantes teria de optar por decorar a divisão sem quadros ou molduras.

Numa das questões, a YouGov perguntou àqueles que estão constantemente ligados à corrente se saberiam o que fazer caso fosse preciso substituir uma tomada. Mais de metade (54%) dos inquiridos revelou que desconhece o procedimento.

O Soluciona Brico é um serviço de assistência para o lar que, através de profissionais qualificados e experientes, permite a realização de tarefas como montagem de móveis, colocação de quadros e cortinas, reparação de fechaduras e estores e desentupimentos.

Quando se fala de lâmpadas fundidas, o resultado é ligeiramente mais favorável. Apenas 11% dos jovens, ou seja, apenas 1 em cada 9 terá de sobreviver sem luz por não saber mudar uma lâmpada.

Se, por um lado, as estatísticas acima mostram uma geração pouco hábil nas tarefas ditas domésticas, a verdade é que essa mesma geração conhece (e domina) as tecnologias como a palma da sua mão. Telemóveis, tablets, smartwatches, computadores. É no meio disto que vivem aqueles que conhecem todos os cantos da Internet e que sabem perfeitamente onde ir procurar tudo aquilo de que precisam.

Se a luz falhar, o micro-ondas entrar em curto circuito ou os canos entupirem, eles serão os primeiros a procurar a resposta na Internet. E mesmo que isso não resolva o problema, pode, pelo menos, encontrar quem o faça.

É o caso do serviço Soluciona Brico da Endesa, que oferece assistência para o lar, feita por profissionais com as devidas competências, preparados para garantir que todas as reparações são feitas prontamente e de forma correta. É a resposta para os contratempos domésticos desta (ou de qualquer outra) geração.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.