"Estamos a trabalhar para transpor a diretiva [europeia], em conjunto com toda a legislação relativa ao pacote anti-corrupção e de estratégias anti-corrupção", afirmou Francisca Van Dunem, que falava aos jornalistas após participar numa conferência em Coimbra.

A ministra explicou que a tutela está "a trabalhar afincadamente no sentido de trazer tudo em conjunto", visto serem "matérias que se interseccionam".

"Faz todo o sentido que sejam abordadas [em conjunto]", defendeu, referindo que a transposição da diretiva para a legislação portuguesa deve acontecer "ainda este ano".

O papel que o 'hacker' português Rui Pinto reivindica na divulgação dos negócios de Isabel dos Santos, empresária angolana e filha do ex-Presidente de Angola José Eduardo dos Santos, voltou a colocar em destaque o estatuto do denunciante.

Rui Pinto, preso preventivamente em Portugal no âmbito do caso Football Leaks, assumiu, através dos seus advogados, que entregou discos rígidos à Plataforma de Proteção de Denunciantes na África, que permitiram a recente revelação dos Luanda Leaks.

O Parlamento Europeu aprovou no ano passado uma diretiva de proteção aos denunciantes, mas a legislação ainda não foi transposta pelo Estado português.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.