“Para concretizar a proximidade e o afeto do Santo Padre neste momento de dura provação e dificuldade, este mobilizou-se de diferentes formas e em várias frentes para buscar material médico e equipamento eletromédico para doar a muitos centros de saúde em situação de emergência e pobreza (…) para salvar e curar muitas vidas humanas”, indica um comunicado daquele serviço do Vaticano.

Uma vez no Brasil, os aparelhos serão entregues e doados a diversos hospitais indicados pela Nunciatura Apostólica para que este gesto “possa ajudar os mais pobres e necessitados”.

Além do Brasil, o Vaticano já enviou material médico e hospitalar a outros países, de vários continentes, como África, América do Sul, Europa ou Ásia.

O Brasil totaliza 107.852 óbitos e 3.340.197 casos confirmados de covid-19 desde o início da pandemia, sendo o segundo país mais atingido pela doença no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos da América.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.